Estudantes participam de simulação de incêndio

O sinal costumeiro para os alunos do Colégio Couto Magalhães, desta vez tocou diferente. E os estudantes já sabiam o que fazer. Estavam prontos para a simulação de incêndio realizada pelo Corpo de Bombeiros.

Todos tiveram que sair do prédio, caminhando, sem correr. Segundo o Ten. Higor Mendonça, o importante durante a evacuação de um prédio por causa de incêndio é manter a calma. “Mesmo numa situação real, a gente orienta a não correr. Quando há correria, há também o risco de cair e atrapalhar as outras pessoas porque vira uma confusão. É muito importante caminhar para sair do prédio”, explica.

E foi assim quando o sinal sonoro tocou durante um minuto ininterrupto. Todos saíram do prédio calmamente. Toda a escola participou, da educação infantil ao ensino médio, os estudantes saíram do prédio, cada turma por uma saída até que os cerca de 1800 alunos do colégio se encontraram no gramado em frente à escola. A operação durou cerca de seis minutos.

A iniciativa pela operação é do Corpo de Bombeiros. “Nosso comando geral lançou uma operação chamada Bombeiro Educador. A intenção é ir à escolas e iniciar o procedimento de evacuação. Nossa intenção é alcançar todas as instituições de ensino de Anápolis”, diz o Ten. Higor.

Os bombeiros também alertaram os alunos para o risco de queimadas e afogamento durante as férias. Para isso, a corporação lança em julho outras duas operações: Operação Férias e Cerrado Vivo.

Share

Comentários estão fechados